quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Reblog - Feelings1

Tá aí um texto de um tumblr que eu gosto muitão, o feelings1. esse texto eu achei particularmente interessante, porque é um romance adolescente, mas com a maturidade que falta a muitos. Tá aí, o SymphonyOfApocalypse reblogando lições de vida. (:



Já tinha algum tempo que a menina sonhava, e imaginava toda as noites o seu principe encantado. Aquele com o qual iria ter uma historia de amor como de filmes. Até que um dia, o tal apareceu. Era exatamente como ela sempre imaginou. Lindo por dentro e por fora. Romântico que adorava falar a todo segundo o quanto a amava. Que sentia a medida certa de ciúmes. Que ligava sempre que ela precisava ouvir um ‘eu te amo’ sincero. Que a trazia lembranças de qualquer lugar que fosse. Que todos os dias ele lembrava dela ao olhar a lua. Pode parecer fantasia demais, mais não. O garoto existiu. Era exatamente assim. E a amava, disso não se podia duvidar. Mas os dois nunca ficaram juntos. A garota não teve capacidade para reconhecer que aquele era o homem sua vida. A garota, depois que o conheceu, mudou seu pensamento de adolescente sonhadora, e da noite pro dia deixou de acreditar no principe encantado. Por algum tempo ainda o garoto, que a amava mesmo sendo rejeitado e não correspondido, continuo a ligar sempre para ela. Continuo a falar sempre o ‘eu te amo’. Mas, nada é para sempre. E a paciência do garoto acabou se esvaindo. E pouco a pouco, ela foi tentado se afastar da garota para assim fazer o que ela pedia, esquece-la. Hoje, alguns anos depois a garota acorda todos os dias e seu primeiro pensamento é o tal garoto. O tempo se passou, muitos outros garotos ja entraram e sairam da vida dela, mas o unico com quem ela imagina seu futuro é ele. O unico que há espaço em seu coração. Mas infelizmente, hoje é tarde demais. O garoto cresceu. Não a ama mais. Tem outras garotas em sua volta. E depois de tanta decepção o amor para ele não é mais o mesmo, e nem nunca será. Ela sozinha, chora todas as noites ao lembrar e reler as cartas e juras que ele há fazia. E você, de valor a quem está do seu lado, pois a saudade não é motivo suficiente para que alguem volte.

Um comentário:

  1. Caraca, velho. Bonito, mas fiquei com depressão pós esse texto.

    ResponderExcluir